Dia: 28 de Junho (Segunda-feira)

Horário: 19 horas

Modalidade: Ao vivo

Plataforma: youtube.com/teatropopulardeilheus

Classificação: 16 anos

Improviso, oxente! "Arte e Orgulho LGBTQIA+ em tempos pandêmicos"

Em 28 de junho é comemorado o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, e para celebrar essa data de lutas e conquistas, o Teatro Popular de Ilhéus realiza mais uma edição do "Improviso, oxente: DiversiArte!", com o tema "Arte e Orgulho LGBTQIA+ em tempos pandêmicos".

O encontro será transmitido a partir das 19 horas no canal do Teatro Popular de Ilhéus através do link youtube.com/teatropopulardeilheus, e contará com a presença de mais de 20 artistas LGBTQIA+ da música, dança, audiovisual, literatura, teatro e performances que representam a nossa região, e que vão bater um papo importante e celebrar a data com diversas intervenções artísticas.

São convidades do evento as artistas Eloah Monteiro,  Gabriela Maja, Brena Gonçalves, Tici Belmonte, Laís Marques, Lis Campos, Mari Gois, Carla Candace, Haísa Lima, Gael Figueiredo, Elson Rosário, Thiago Navillon, Márcia Mascarenhas, além das drags Tallyz Mann, Liszita Malaguenha, Mademoiselle Brigith, Don Leone, Holly Hepburn, Kiara Drag, Magdalena Del Valle, Sindel Blade,  Jolie Bovier e Pandora Woolf.

O evento é uma iniciativa em parceria com o Geni - Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade, do IF Baiano (Campus Uruçuca), e do GEDISEX - Grupo de Pesquisa e Práticas em Gênero, Diversidade e Sexualidade (IF Baiano/CNPq). Será possível ainda obter certificado de participação mediante inscrição e confirmação de presença durante a transmissão.

Dia: 28 de Junho (Segunda-feira)

Horários: 10 e 14 horas

Modalidade: Ao vivo

Plataforma: youtube.com/teatropopulardeilheus

Classificação: 16 anos

I Encontro de História Regional de Inverno da Capitania de Ilhéus

Na próxima segunda-feira, dia 28 de junho - dia em que Ilhéus comemora 487 anos -, acontecerá o I Encontro de História Regional de Inverno da Capitania de Ilhéus. O encontro reunirá estudiosos que se empenham em desvendar a história de Ilhéus sob uma perspectiva crítica, trazendo novas abordagens sobre as narrativas históricas da nossa região. Essa iniciativa faz parte dos preparativos da cidade rumo aos seus 500 anos.

A programação do encontro será dividida em dois turnos. Na primeira parte, marcada para começar às 10 horas da manhã, acontece a mesa redonda "Panorama do processo de urbanização de Ilhéus, desde o Período Colonial e Imperial", e terá participação dos professores Marcelo Henrique Dias, que abordará os períodos colonial e imperial, e André Rosa, que tratará dos meados do século XX.

A segunda parte, marcada para as 14 horas, será composta pela mesa redonda "Evolução histórica da força de trabalho no município de Ilhéus", com a professora Cristiane Batista abordando as experiências dos escravizados de Ilhéus no século XIX, e a mestranda Érika Alcântara debatendo sobre a formação da classe estivadora no início do século XX.

O evento é uma realização do Centro de Estudos e Pesquisas de Olivença e Ilhéus (CEPOI), com apoio do Museu da Capitania de Ilhéus, da TV UESC, da Prefeitura de Ilhéus e do Teatro Popular de Ilhéus. A transmissão ocorrerá em diversos links, tanto no Instagram, através dos perfis @ilheus500anos, @museu_dacapitaniadeilheus e @casajorgeenacib, como pelo canal do Teatro Popular de Ilhéus no Youtube, através do link www.youtube.com/teatropopulardeilheus.

Dia: 19 de Junho (Sábado)

Horário: 19 horas

Modalidade: Ao vivo

Plataforma: youtube.com/teatropopulardeilheus

Inscrição gratuita: bit.ly/improvisoartedrag

Classificação: 16 anos

Improviso, oxente! "O que pode a Arte Drag?"

No mês de Orgulho LGBTQIA+, o Teatro Popular de Ilhéus marca essa temática com uma edição especial do "Improviso, Oxente": DiversiArte! No próximo sábado, dia 19 de junho, às 19 horas, vamos bater um papo com cinco Drag Queens de destaque na cena baiana, com o tema “O que pode a Arte Drag? Montação e visibilidade”. Teremos ainda apresentações de integrantes dos Coletivos ArtDragSul Bahia e Drags do Maktub. O evento é uma iniciativa em parceria com o Geni - Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade, do IF Baiano (Campus Uruçuca), e do GEDISEX - Grupo de Pesquisa e Práticas em Gênero, Diversidade e Sexualidade (IF Baiano/CNPq).

No encontro vamos celebrar essa arte cheia de glamour e resistência! A Drag é uma personagem que pode ser criada por qualquer pessoa, independente de gênero ou sexualidade. Com reconhecimento crescente, o impacto da Arte Drag em questões como a quebra dos padrões de gênero e a liberdade LGBTQIA+ aumenta. Quanto mais visibilidade artistas Drag têm, mais essas questões ganham visibilidade e podem ser discutidas.

Para conversar sobre o tema, teremos convidades incríveis: Fábio Nascimento Drag/Mademoiselle Brigith, Luiz Santana/Drag Rainha Loulou, Ingridy Carvalho/Drag Nágila GoldStar, Leonardo Paulino/Ecodrag Leona_do Pau__ e Valécio Santos/Drag Valerie O'Hara. A mediação será feita por Iara Colina. Como em todas as edições do "Improviso, oxente!", a noite também vai ser recheada de apresentações artísticas! O evento é gratuito, e dispobilibizará certificados para todes que solicitarem durante a transmissão ao vivo que acontecerá no canal do Teatro Popular de Ilhéus: www.youtube.com/teatropopulardeilheus.

Dia: 26 de Junho (Sábado)

Horário: 20 horas

Modalidade: Transmissão

Plataforma: Zoom

Ingressos gratuitos: sympla.com/teatropopulardeilheus

Classificação: 14 anos

IntimIDADES

O espetáculo "IntimIDADES" apresenta o relato de três atrizes sobre o tempo, o corpo e o sonho. A partir de cenas gravadas e também de cenas ao vivo, o público fará uma viagem na memória das três atrizes/personagens, sua relação com o corpo que se transforma no tempo, as lutas diárias contra o patriarcado e os seus sonhos.

“O espelho deve ser o lugar para me contemplar, não para me punir”.

A performance busca refletir sobre os conflitos que o tempo nos impõe, abrindo uma janela num diálogo entre passado, presente e futuro. Com Tânia Barbosa, Iara Colina e Mãe Ilza Mukalê, o espetáculo tem dramaturgia coletiva, encenação de Romualdo Lisboa, músicas de Eloah Monteiro e letras de Romualdo Lisboa com arranjos de Pablo Lisboa.

O projeto, que vem sendo maturado pelo grupo desde 2020, teve inicialmente a direção de Luís Alonso-Aude e a participação de Bárbara Lima, recém integrados ao Teatro Popular de Ilhéus. A pesquisa começada no segundo semestre do ano passado foi o pontapé inicial da encenação de Romualdo Lisboa. Juntam-se ainda às três atrizes/personagens os depoimentos em vídeo de mais 10 mulheres, trabalhadoras, ativistas e sonhadoras.

Dias: 01, 08, 15, 22 e 29 de Junho (terças-feiras)

Horário: 19 horas

Modalidade: Disponibilização

Plataforma: youtube.com/teatropopulardeilheus

Classificação: Livre

As Crônicas de Seu Toinzinho

Toinzinho é um personagem criado por Romualdo Lisboa, inspirado no seu avô Antônio Lisboa, morador de Ibicaraí e exímio contador de causos e apreciador de cachaça. As crônicas de Seu Toinzinho eram publicadas semanalmente no Diário de Ilhéus, e o personagem, interpretado pelo ator Ely Izidro, também fazia a abertura do espetáculo "Pega pá Capá" do Teatro Popular de Ilhéus, encantando o público na Casa dos Artistas.

"As crônicas de Seu Toinzinho" irão ao ar todas as terças-feiras do mês de junho, às 19 horas, no TPIFLIX, o canal do Teatro Popular de Ilhéus no YouTube!

Dia: 12 de Junho (Sábado)

Horário: 20 horas

Modalidade: Disponibilização

Plataforma: youtube.com/teatropopulardeilheus

Classificação: 14 anos

Amor, Política e Ozadia

Na noite do dia des namorades, 12 de junho (sábado), às 20 horas, vai ao ar no TPIFLIX o show completo “Amor, Política e Ozadia”, de Cabeça Isidoro e Os Inflamáveis! O espetáculo musical foi gravado no dia 06 de setembro de 2018 no Teatro Municipal de Ilhéus e lançado no 14 de dezembro na Tenda Teatro Popular de Ilhéus.

Neste show autoral, Cabeça Isidoro e Os Inflamáveis retratam e analisam nossa sociedade, desvelando em nosso cotidiano, Amor, Política e - em bom baianês - "Ozadia". Tudo isso é levado ao palco de forma irreverente e bem-humorada, num excelente exemplo de como a arte se faz ferramenta crucial de transformação social.

Cabeça Isidoro é músico, cantor, compositor, multi-instrumentista, ator, produtor cultural, diretor musical, educador musical e construtor de instrumentos sonoros alternativos. Em seus 20 anos de carreira, já gravou dois CDs com bandas das quais participou, e como compositor foi cinco vezes premiado no Festival Multiarte Firmino Rocha (2009-2011). Diretor musical do grupo Teatro Popular de Ilhéus desde 2006, Cabeça Isidoro criou ainda trilhas sonoras de inúmeros espetáculos e executou diversos projetos musicais pela companhia.

Banda Os Inflamáveis:
Pablo Lisboa (guitarra, violão, cavaquinho e back vocal)
Guilherme Pessoa (guitarra, violão e back vocal)
Mailton Figueiredo (contrabaixo)
Lula Soares Lopes (bateria e eletrônico)