COMUNICADO

 

A programação da Tenda Teatro Popular de Ilhéus está temporariamente suspensa

Cumprindo as medidas preventivas recomendadas pelo Ministério da Saúde para evitar o aumento dos casos de Covid-19, o Teatro Popular de Ilhéus suspenderá temporariamente a programação da Tenda. Ainda estavam previstos seis eventos para a segunda metade do mês de março, os quais serão remarcados futuramente. Apesar de não haverem casos confirmados na cidade de Ilhéus, a medida é uma atitude responsável que tem em vista o bem-estar do público, de sua equipe e da população.

A Tenda já apresentava dificuldades de manter sua programação ativa devido à falta de recursos que vem enfrentando desde o final de 2019, por conta do atraso no pagamento do subsídio pelo Governo do Estado, o que impossibilitou o pagamento de contas básicas de água, luz e telefone, aluguel do espaço e dos containers e pagamento do salário de sua equipe. Sem programação no mês de fevereiro, o grupo decidiu abrir a programação do mês de março para tentar custear parcialmente a manutenção do espaço. Para isso, além de uma rica programação com nove eventos, o TPI também lançou uma campanha de venda de passaportes com desconto especial para quem quisesse assistir a toda a programação.

Diante da conjuntura da epidemia do Coronavírus, a suspensão das atividades da Tenda, somada ao longo período de falta de recursos, impacta principalmente no sustento básico de 10 famílias que vivem do trabalho no Teatro Popular de Ilhéus. No entanto, entende-se que a suspensão de atividades que provoquem aglomeração de pessoas, como é o caso de eventos culturais, é uma medida preventiva essencial.

Os eventos que estavam previstos para o resto do mês incluíam o espetáculo “Palito e Botijão”, com Gilberto Morais e Ed Paixão no dia 19; o Encontro de Compositores, com Eloah Monteiro, BillyFat, Cabeça Isidoro e Rebwca, no dia 20; o teatro de mamolengos “Baltazar e a terrível peleja entre o Cangaceiro e o Coronel ou ás vezes tem briga que termina em merda” no dia 21; o teatro de sombras “Na sombra da Poesia”, com Naiara Gramacho, no dia 27; o espetáculo “Teodorico Majestade: as últimas horas de um prefeito” no mesmo dia; e o “Sarau da (Re)existência”, com diversos artistas e expositores, fechando a programação do mês no dia 28. Também será adiada a estreia do espetáculo “Sonho de uma noite de verão: ópera brega rock para acordar do pesadelo”, que estava prevista para abril, por conta da suspensão temporária dos seus ensaios.

Todos os eventos previstos devem ser remarcados quando for considerado seguro o retorno das atividades. O Teatro Popular de Ilhéus esclarece que todas as pessoas que adquiriram ingressos e passaportes poderão usá-los em eventos futuros quando a programação da Tenda for normalizada. Os ingressos têm validade de 1 ano, e poderão ser utilizados para quaisquer eventos nesse período, independente de para quais espetáculos eles foram comprados inicialmente.

O Teatro Popular de Ilhéus está localizado na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, e é uma instituição cultural independente, atualmente mantida pelo programa de Ações Continuadas de Instituições Culturais – uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Bahia com recursos do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, mecanismo que custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada.

Ilhéus, 17 de março de 2020

ASCOM TPI

Please reload

© 2020 - Teatro Popular de Ilhéus (TPI) 

  • w-facebook
  • White Instagram Icon